Em ministério, setor portuário defende e pede descentralização

matporto

O presidente da Emap, Ted Lago, o ministro Maurício Quintella e Juscelino Filho

O deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA) participou na tarde da última terça-feira (21) de reunião no Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil com o dirigente da pasta, Maurício Quintella. Junto ao deputado federal Marcos Rogério (DEM-RO) e presidentes de diversos terminais portuários brasileiros, foi apresentado um pleito do setor sobre a descentralização dos processos de licitação, arrendamentos e renovação de contratos, entre outros.

“A descentralização do setor permite maior autonomia administrativa e financeira, além de também ser um incentivo à concessão da administração portuária à iniciativa privada. Muitos projetos estão prontos para serem concretizado. Em outros países, as políticas portuárias demonstram o aumento da participação privada no setor, principalmente referente à prestação de serviços, descentralizando as responsabilidades públicas dos governos centrais para os governos locais”, destacou Juscelino Filho.

O presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Ted Lago, que administra o Porto do Itaqui, no Maranhão, comentou sobre os desafios de descentralizar o setor e da importância disso para se fazerem novos planejamentos e executar outros. “O Itaqui quer liberdade para tocar os projetos e isso gera empregos e aquece a economia.”, destacou.