Juscelino Filho celebra a liberação de R$ 16,7 milhões para escolas de tempo integral no Maranhão

O deputado Juscelino Filho (DEM-MA), comemorou o repasse que o Ministério da Educação (MEC) fez para as escolas de tempo integral no Maranhão, no valor de R$ 16,7 milhões. Esses recursos atenderão a 11.262 alunos, de 38 escolas.

“O ministro Mendonça Filho vem fazendo uma excelente gestão frente ao Ministério da Educação”, afirmou Juscelino. “Nossa parceria com ele vem trazendo bons frutos para o nosso estado”, ressaltou. “Esse repasse demonstra o seu compromisso com a melhoria da educação em todos os níveis, e particularmente com as escolas em tempo integral”, assegurou.

A assinatura da liberação dos recursos, realizada ontem (17) em cerimônia no Palácio do Planalto, atende não apenas ao Maranhão, mas todas as 27 unidades da federação. No total, o MEC destinará R$ 406 milhões para o Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI). A liberação vai ampliar de 516 escolas financiadas pelo MEC, em 2017, para 967 em 2018, representando um aumento de 87% de escolas atendidas em todo o país.

No caso do Maranhão, o número de escolas financiadas em 2018 mais que triplicou em relação a 2017, passando de 11 para 38 escolas atendidas. “Esse crescimento gradual de recursos e de instituições atendidas em nosso Maranhão representa um avanço real na qualidade de vida dos estudantes e de suas famílias”, disse Juscelino. “Só priorizando a educação é possível acreditar em um país mais justo e desenvolvido, com oportunidades para todos”, finalizou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s